O Musée des Instruments de Musique, ou MIM, é um dos meus museus favoritos, está no Top 10 da minha lista de museus. Afinal, é um museu inteiramente dedicado à musica e o primeiro, e na verdade único, desse tipo que visitei.

764Bruxelas_MuseeMusicale_05

765Bruxelas_MuseeMusicale_06

O MIM é um dos museus citados no site do MIMO, Musical Instruments Museums Online, que reúne uma série de museus europeus, disponibilizando todo o acervo para consulta online, quase 56 mil instrumentos. Dá para se perder nesse site.

658 - Musee des instruments de musique 03

723 - Musee des instruments de musique 68

716 - Musee des instruments de musique 61

Além dos museus indicados no MIMO, há ainda o Musical Instrument Museum em Phoenix, Arizona e o Museu da Música, em Lisboa. No Brasil há o Museu dos Instrumentos Musicais, ou MIMU, em Curitiba e o Museu da Música em Itu.

016Bruxelas_MuseeInstMusicale13

021Bruxelas_MuseeInstMusicale18

059Bruxelas_MuseeInstMusicale56

O MIM fica localizado em um lindo prédio que combina com o explendor do seu acervo. Na verdade é um complexo restaurado, cuja construção é em parte Art Noveau e em parte neoclássica, construído em 1898 pelo arquiteto Paul Saintenoy.

072Bruxelas_MuseeInstMusicale69

069Bruxelas_MuseeInstMusicale66

063Bruxelas_MuseeInstMusicale60

São mais de sete mil instrumentos musicais que constam no acervo desse museu, mas infelizmente, a maior parte deles fica guardada em salas não acessíveis para o público em geral. Bom, seja como for, de qualquer forma, há muito o que explorar nesse museu.

143Bruxelas_MuseeInstMusicale40

726 - Musee des instruments de musique 71

046Bruxelas_MuseeInstMusicale43

As coleções são cuidadas por uma equipe de cientistas chamados de organologistas, que são especialistas no estudo de instrumentos musicais, o que convenhamos, é uma atividade para lá de interessante, principalmente para aqueles, que como eu, amam música e história. Que inveja, rs!

076Bruxelas_MuseeInstMusicale73

077Bruxelas_MuseeInstMusicale74

075Bruxelas_MuseeInstMusicale72

As peças em exibição estão divididas em 4 galerias, ou andares, onde além dos instrumentos há também as explicações sobre suas origens, funcionamento, época, e o melhor de tudo, sua sonoridade.

714 - Musee des instruments de musique 59

140Bruxelas_MuseeInstMusicale37

No subsolo ficam os instrumentos eletrônicos, elétricos e mecânicos. No primeiro andar, estão os instrumentos tradicionais de música, tanto ocidental quanto oriental. Já no segundo andar é possível ver os instrumentos clássicos ocidentais dispostos em uma ordem mais ou menos cronológica, desde a época medieval e renascentista até o final do século XIX.

144Bruxelas_MuseeInstMusicale41

145Bruxelas_MuseeInstMusicale42

044Bruxelas_MuseeInstMusicale41

O quarto andar é o meu preferido, lá ficam os pianos, cravos e outros teclados e as harpas. Lindos instrumentos que proporcionam belíssimas músicas. No terceiro andar não há instrumentos em exposição, nesse andar fica a biblioteca.

129Bruxelas_MuseeInstMusicale26

103Bruxelas_MuseeInstMusicale00

694 - Musee des instruments de musique 39

115Bruxelas_MuseeInstMusicale12

Logo na entrada, recebemos fones de ouvido que permitem ouvir o som que o instrumento faz, quando nos posicionamos no sinal de fone de ouvido existente no chão, na frente dos instrumentos.

713 - Musee des instruments de musique 58

 

138Bruxelas_MuseeInstMusicale35132Bruxelas_MuseeInstMusicale29151Bruxelas_MuseeInstMusicale48

Isso foi o mais mágico para mim. Poder ouvir os diferentes sons e as diversas músicas criadas por instrumentos tão simples ou complexos, conhecidos ou totalmente estranhos para mim, foi uma das melhores experiências que já vivi em um museu ou mesmo nas vivências que tive no mundo da música, seja ocidental ou oriental. Esse é um dos motivos porque gosto tanto desse museu. Não apenas eu, é claro, afinal o MIM recebe anualmente cerca de 125.000 visitantes.

081Bruxelas_MuseeInstMusicale78

082Bruxelas_MuseeInstMusicale79

096Bruxelas_MuseeInstMusicale93

Além das galerias, o museu conta também com uma sala de concerto, espaço para workshops, loja, livraria e um restaurante no terraço. Desde maio de 2015, Thomas Meuwissen, um belga fabricante de violinos finos,  criou um workshop permanente sobre a fabricação de violinos, de acesso gratuito. Que tudo!

089Bruxelas_MuseeInstMusicale86

090Bruxelas_MuseeInstMusicale87

062Bruxelas_MuseeInstMusicale59

066Bruxelas_MuseeInstMusicale63

 

 

 

 

 

 

 

 

Na loja do museu, além dos souvenires já esperados, é possível também comprar livros e CDs de diversos estilos musicais e instrumentos. Eu comprei alguns de piano, cravos e de música medieval. Um verdadeiro deleite para músicos, estudantes de música ou simples admiradores.
101Bruxelas_MuseeInstMusicale98

687 - Musee des instruments de musique 32

717 - Musee des instruments de musique 62

126Bruxelas_MuseeInstMusicale23O museu abre de terça a sexta entre 9:30 e 17:00. Sábado, domingo e feriado, abre mais tarde, as 10:00. É fechado as segundas e também em feriados como 1 de janeiro, 1 de maio, 11 de novembro e 25 de dezembro. O restaurante segue os horários do museu.

O ingresso custa 8,00 euros para adultos entre 26 e 64 anos, adultos acima ou abaixo dessa faixa pagam 6,00 euros. Crianças e adolescentes até 16 anos pagam 2,00 euros. O áudio-guia para ouvir as músicas está incluso no valor do ticket, mas o visitante pode também usar os próprios fones de ouvido, se quiser.

055Bruxelas_MuseeInstMusicale52

039Bruxelas_MuseeInstMusicale36

084Bruxelas_MuseeInstMusicale81

Vale muito a pena conhecer esse museu, bom, eu já fui duas vezes e, quando puder retornar, o farei com certeza. Afinal, como escrevi no início, o MIM é um dos meus museus preferidos. Um lugar que reúne música, arte e história no mesmo local só pode mesmo ser muito especial.

Deixe aqui seu comentário

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.

Tópicos recentes